Oakley Pro Bali confirmado como quinta etapa do ASP World Tour 2013

[ 0 ] February 5, 2013 |

Foi anunciada nesta segunda-feira (4 de fevereiro) pela ASP Internacional, a confirmação do Oakley Pro Bali como uma nova etapa do ASP World Tour 2013. O palco principal é o reefbreak de direitas de Keramas, que vai receber o quinto desafio da corrida pelo título mundial da temporada nos dias 18 a 29 de junho na ilha de Bali, na Indonésia. O evento foi marcado para acontecer logo após o Volcom Fiji Pro, de 2 a 14 de junho nas Ilhas Fiji.

O Billabong Rio Pro, etapa brasileira do WCT que está confirmada para os dias 8 a 19 de maio na capital do Rio de Janeiro, será a última parada antes do Dream Tour da ASP partir para as ilhas do outro lado do mundo. A Indonésia não recebia a divisão de elite do esporte desde o Rip Curl Pro Search em 2008 e, com a entrada do Oakley Pro Bali, o ASP World Tour 2013 será disputado em dez etapas como no ano passado.

“Estamos muito entusiasmados com a confirmação do Oakley Pro Bali no calendário 2013 do ASP World Championship Tour”, disse Renato Hickel, gerente geral do ASP WCT. “Este será o primeiro evento do ASP World Title em Keramas, um local reconhecido internacionalmente de surfe de alta performance e estamos ansiosos para ver os ASP Top 34 competindo lá nessas ondas”.

As direitas do reefbreak de Keramas, em Bali, Indonésia (Foto: Matt Dunbar / ASP Images)

As direitas do reefbreak de Keramas, em Bali, Indonésia (Foto: Matt Dunbar / ASP Images)

O reef break de Keramas será o palco principal do Oakley Pro Bali, mas o evento terá outra opção preparada em Canggu, assim como sempre fez quando promovia a sua etapa do Oakley Pro Junior nas mesmas locações em Bali. Esta ilha da Indonésia é conhecida mundialmente pela grande quantidade de ondas perfeitas, com o Oakley Pro Bali já sendo um dos eventos mais esperados do WCT 2013.

Depois de alguns anos realizando o Oakley ASP World Junior Championships, a gigante na fabricação de óculos agora vai estrear na divisão de elite do ASP World Tour, elevando o nível do evento direto da base para o topo do esporte.

“Surfar é uma parte integrante do DNA da Oakley e estamos orgulhosos com o nosso legado de seis anos na Indonésia”, disse Scott Bowers, Oakley SVP Marketing Global Sports Marketing. “Nós temos feito inúmeros eventos especiais de surfe em Bali, desde campeonatos de Surf Shop e etapas do Pro Junior. Coroamos o campeão mundial Pro Junior da ASP no ano passado e estamos ansiosos para dar o próximo passo nesta evolução. Além da costa de Bali ser conhecida por suas ondas de alta performance, tem a riqueza da cultura e o entusiasmo para a prática do surfe em Bali, o que torna o local perfeito para a estreia do Oakley Pro no WCT”.

O Oakley Pro Bali vai promover a quinta das dez etapas do ASP World Championship Tour, fechando a primeira metade da temporada 2013 nos dias 18 a 29 de junho na Indonésia. O evento será transmitido ao vivo pelo www.oakleyprobali.com

SEIS BRASILEIROS – Cinco brasileiros se classificaram para o WCT 2013 no ano passado. Adriano de Souza permaneceu no seleto grupo dos top-5 da ASP e Gabriel Medina alcançou o sétimo lugar em sua primeira temporada completa na elite mundial. O também paulista Miguel Pupo foi o 17.o e o catarinense Alejo Muniz o 18.o no ranking que garantia até o 22.o colocado na divisão principal do ASP Tour. A novidade no time verde-amarelo é o jovem ubatubense Filipe Toledo, que foi um dos dez indicados pelo ranking unificado. E o carioca Raoni Monteiro completa o sexteto do Brasil, ganhando uma das vagas que a ASP reserva para os atletas que se contudiram durante a temporada.

Já o cearense Heitor Alves e o potiguar Jadson André não conseguiram confirmar suas permanências em nenhuma das duas listas classificatórias. Os dois saíram da elite e quem ficou bem perto de entrar mais uma vez foi o catarinense Willian Cardoso. Pelo segundo ano consecutivo, ele terminou como o segundo na fila da porta de entrada para o WCT. O primeiro a ficar de fora foi o norte-americano Patrick Gudauskas, que também perdeu a vaga no Havaí.

CALENDÁRIO DO ASP WORLD CHAMPIONSHIP TOUR 2013:

1.a etapa: Mar 02-13 – Quiksilver Pro Gold Coast em Queensland – Austrália

2.a: Mar 27-07 Abr – Rip Curl Pro Bells Beach em Victoria – Austrália

3.a: Mai 08-19 – Billabong Rio Pro na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro – Brasil

4.a: Jun 02-14 – Volcom Pro Fiji nas ilhas de Tavarua  e Namotu - Fiji

5.a: Jun 18-29 – Oakley Pro Bali em Keramas, Bali – Indonésia

6.a: Ago 15-26 – Billabong Pro Teahupoo no Taiti

7.a: Set 15-21 – Hurley Pro em Trestles, Califórnia – Estados Unidos

8.a: Set 27-07 Out – Quiksilver Pro France em Hossegor – França

9.a: Out 09-20 – Rip Curl Pro Portugal em Peniche – Portugal

10.a: Dez 08-20 – Billabong Pipe Masters em Banzai Pipeline – Havaí

LISTA DOS TOP-34 PARA O ASP WORLD CHAMPIONSHIP TOUR – WCT 2013:

TOP-22 DO ASP TOUR 2012 – 10 etapas:

1.o: Joel Parkinson (AUS) – 58.700 pontos

2.o: Kelly Slater (EUA) – 55.450

3.o: Mick Fanning (AUS) – 47.000

4.o: John John Florence (HAV) – 44.350

5.o: Adriano de Souza (BRA) – 42.350

6.o: Taj Burrow (AUS) – 41.900

7.o: Gabriel Medina (BRA) – 41.350

8.o: Josh Kerr (AUS) – 38.900

9.o: Julian Wilson (AUS) – 35.900

10: Owen Wright (AUS) – 33.600

10: Jeremy Flores (FRA) – 33.600

12: Jordy Smith (AFR) – 27.900

13: C. J. Hobgood (EUA) – 26.650

14: Adrian Buchan (AUS) – 25.400

15: Michel Bourez (TAH) – 24.250

16: Damien Hobgood (EUA) – 21.750

17: Miguel Pupo (BRA) – 19.450

18: Alejo Muniz (BRA) – 18.450

19: Kieren Perrow (AUS) – 18.200

20: Bede Durbidge (AUS) – 16.250

20: Travis Logie (AFR) – 16.250

22: Kai Otton (AUS) – 16.200

WILDCARDS DA ASP POR CONTUSÃO:

23: Raoni Monteiro (BRA)

24: Dusty Payne (HAV)

G-10 DO ASP WORLD RANKING – 45 etapas – 10 do WCT / 8 Prime / 27 Star:

01: Kolohe Andino (EUA) – 16.o lugar no ranking com 22.395 pontos

02: Matt Wilkinson (AUS) – 17.o com 22.350

03: Sebastien Zietz (HAV) – 19.o com 21.810

04: Glenn Hall (IRL) – 24.o lugar com 18.905

05: Brett Simpson (EUA) – 25.o com 17.310

06: Filipe Toledo (BRA) – 26.o com 16.700

07: Adam Melling (AUS) – 27.o com 16.690

08: Nat Young (EUA) – 29.o com 16.365

09: Fredrick Patacchia (HAV) – 30.o com 15.850

10: Tiago Pires (PRT) – 31.o com 15.820

———–ficaram perto da classificação:

32.o no ranking: Patrick Gudauskas (EUA) – 15.030 pontos

33.o: Willian Cardoso (BRA) – 14.820

34.o: Raoni Monteiro (BRA) – 14.600

35.o: Jean da Silva (BRA) – 14.470

36.o: Heitor Alves (BRA) – 14.020

SAÍRAM DA ELITE DOS TOP-34 NO WCT 2012:

26.o no ranking: Yadin Nicol (AUS) – 14.950 pontos

27.o: Heitor Alves (BRA) – 14.750

31.o: Taylor Knox (EUA) – 9.000

32.o: Jadson André (BRA) – 7.750

32.o: Patrick Gudauskas (EUA) – 7.750

 

João Carvalho – Assessoria de Imprensa da ASP South America – joao@aspsouthamerica.com.br

Tags: , , , , , , , , ,

Category: ASP World Tour Notícias, Todas ASP Notícias

Comments are closed.

RSS Feed ASP on Facebook ASP on Twitter ASP on Myspace ASP on Youtube
Ranking
Calendário
Surfistas
Sobre ASP
Regions
Sul Americano Masculino
Sul Americano Feminino
Junior Masculino
Junior Feminino
Longboard Masculino
Sul Americano Masculino
Sul Americano Feminino
Junior Masculino
Junior Feminino
Longboard Masculino
Longboard Feminino
ASP World Tour
Star Masculino
Star Feminino
Junior Masculino
Junior Feminino
Longboard Masculino
Longboard Feminino
ASP História
ASP Member System
Perguntas Freqüentes
ASP Rule Book
Patrocínio
Contatos
ASP International
ASP North America
ASP Australasia
ASP Europe
ASP South America
ASP Africa
ASP Japan
© ASP South America 2014. All rights reserved.
Hosting by Media Temple